sábado, 22 de fevereiro de 2014

Insensatez humana

Share it Please
Olá blogosfera,
tudo bem?

Comigo tudo certo.
A balança diminuiu mais um cadinho!



- 1,3 da última pesagem!
Que emoção.
Semana que vem quero estar na casa dos 80 kg já!

Essa semana eu vim falar de outra coisa também.
Vim falar sobre minha preocupação sobre o que nós, seres humanos estamos nos tornando.
Essa semana li tanta notícia ruim, de intolerância, desrespeito, falta de amor ao próximo...

Fico realmente chocada quando abro meu Facebook e vejo muitas pessoas defendendo o ato dos famosos "justiceiros", falando que bandido bom é bandido morto.

Eu fico sempre me perguntando: O que me separa de um marginal? 
Por que eu, Taís, me tornei uma bibliotecária e não uma dependente química ou uma traficante? 
A resposta é muito simples na minha opinião, valores e oportunidades.

Mas esses valores foram passados pela minha família, pela educação que recebi.
As oportunidades surgiram e eu pude agarrá-las graças aos conselhos das boas pessoas que me educaram.
MUITOS desses marginais não tiveram nem uma família, cresceram vendo o exemplo errado.

Eu sei que nem todo mundo que escolhe o caminho errado viveu essa realidade e que nem todo mundo que vive essa realidade escolhe o caminho errado, mas sempre me pergunto, e se fosse comigo, o que eu escolheria?

Na minha opinião bandido tem que ser punido e recuperado. Dependente químico é doente e deve ser tratado e pobre é a mesma coisa que rico e deve ser tratado com o mesmo respeito. Me parece que nosso Governo e muitas pessoas acham que bandido, drogado e pobre é a mesma coisa e deve ser é exterminado.

Queria ver se o seu filho fosse o marginal.
Você iria apoiar amarrá-lo no poste, espancá-lo, matá-lo?
Prendê-lo numa cadeia onde lá ele só vai aprender a ser pior do que quando entrou?
Nosso teto é de vidro. Sempre.
Bandido bom é o morto, mas será que teríamos a mesmo opinião se o bandido fosse da família?

Segue a reflexão para quem lê.
Talvez o que te separe do drogado que você prefere atropelar foi a sorte.

Bom fim de semana pessoal.

Beijos

Comente com o Facebook: